O jornal O Estado de São Paulo divulgou pesquisa realizada pela Thomson Reuters Foundation sobre os dez países mais perigosos para uma mulher. Entre 26 de março e 04 de maio especialistas analisaram acesso à saúde, recursos econômicos e denúncias de violência sexual. A Arábia Saudita foi classificado como o mais arriscado para as mulheres, seguido de Afeganistão e Síria.