MÓDULO I – 2010- Aprimorando conceitos, discutindo práticas.

Sub-coordenadores:

Cláudio Delicato Travassos

Daniel H. Lopes

Bolsistas:

Fernanda M. C. Buck

Alessandra N. Lopes

Colaboradoras:

Ana Carolina A. Fulfaro

Camila Rodrigues da Silva

Curso

Curso de capacitação com duração total de 60 horas, contando com cerca de 40 professoras na Secretaria de Educação de Marília-SP.

O curso consistiu na discussão acerca do conceito de “Gênero”, a partir de situações contemporâneas, resgatando trajetórias e problemáticas históricas constituintes das relações de poder entre homens e mulheres.

MÓDULO II – 2011 – Construindo Gênero

Sub-coordenador: Cláudio Delicato Travassos

Bolsistas:

Fernanda Marini C. Buck

Ana Carolina de Assis Fulfaro

Alessandra Nunes Costa Lopes

Pesquisa

Nesse Módulo, a pesquisa foi realizada em duas escolas. Na EMEI Criança Feliz, realizamos observação participante acompanhando uma turma do Ensino Infantil II, e entrevistas junto ao quadro docente e as profissionais da direção. Na EMEFEI Chico Xavier, foi realizada a observação participante acompanhando uma turma de Ensino Infantil e outra turma de Ensino Fundamental. O objetivo foi de apreender as práticas cotidianas que reforçam os estereótipos de gênero, e de quê forma as crianças apreendem, reproduzem e atualizam essas concepções.

Módulo III – 2012 – Ações e atividades

Bolsistas:

Alessandra Nunes Costa Lopes

Beatriz Neves

Joyce Pires

A partir dos dados coletados no Módulo II, foi realizado grupos de estudos na escola, para como as relações de gênero são tratadas (ou não) em sala de aula, com o objetivo de fornecer referencias teóricos e metodológicos para as professoras, visando a reavaliação de práticas pedagógicas que envolvam relações de –Gênero– de modo a –desnaturalizar– estereótipos que produzem valores, comportamentos e hábitos mantendo e reproduzindo as desigualdades entre mulheres e homens na sociedade.

Módulo IV– Documentando práticas

Bolsistas:

Alessandra Nunes Costa Lopes

Beatriz Neves

Jordana Machado

O projeto foi finalizado em seu quarto módulo, sendo elaborado um documentário para apresentar os resultados e também as mudanças nas ações cotidianas do ambiente da escola parceira. Com as filmagens de atividades das crianças e entrevistas com as professoras, foi possível analisar e refletir como as relações de gênero estão evidenciadas nesse espaço e também como é possível desconstruir as desigualdades que começam logo nas séries inicias. Assim, o projeto gênero na escola evidenciou que é preciso abordar as relações de gênero desde a educação infantil, para que acompanhe a formação das crianças em seu crescimento, tornando uma tarefa contínua e necessária na educação básica.