“Apagaram tudo, pintaram tudo de cinza…” Escadaria da Unesp de Botucatu foi alvo de repressão nesta manhã (26/10)!

O coletivo Genis, coletivo feminista da Unesp de Botucatu desde 2013, denunciou nesta manhã o ocorrido com a Escadaria da universidade, pintada pelas estudantes e integrantes do Coletivo em protesto aos casos de assédios sexuais, estupros, violências e trotes machistas, no início do ano de 2014, para a recepção de ingressantes. Ver: http://www.fmb.unesp.br/#!/noticia/1516/coletivo-genis-realiza-pintura-de-escada-proxima-a-biblioteca/ Na página do facebook…

Veja mais

Ideologia de Gênero, fundamentalismo religioso e campanha eleitoral (2017-2018) na Costa Rica

Gabriela Arguedas-Ramírez , professora da Escola de Psicologia da  Universidade da  Costa Rica (UCR) e pesquisadora do Centro de Estudos e Pesquisa da Mulheres (  CIEM ) divulgou uma parte de um Projeto de Pesquisa Regional sobre políticas antidireitivas e de gênero na América Latina, liderado pela Sexuality Policy Watch, abordando as questões do  : Neoliberalismo, ansiedade e…

Veja mais

“Apagaram tudo, pintaram tudo de cinza…” Escadaria da Unesp de Botucatu é alvo de repressão (26/10)!!!

O coletivo genis, em sua página do facebook, soltou uma nota de repúdio ao ocorrido com a Escadaria da Unesp de Botucatu. Pintada em 2013 por estudantes e integrantes do coletivo feminista Genis, contra casos de assédio, violências e trote machista, a escadaria se tornou simbolo da luta feminista dentro da Universidade! E  HOJE (26/10/2018)…

Veja mais