1. Conheça nosso Grupo de Pesquisa.

Conheça o Grupo de Pesquisa e acesse o Diretório CNPq.

2. Saiba mais sobre o LIEG.

Nosso novo projeto é o Laboratório Interdisciplinar de Estudos de Gênero (LIEG). Saiba mais sobre suas atividades navegando no site.

3. Saiba mais sobre nossa equipe.

Somos uma equipe de pesquisadores interdisciplinares dedicados aos estudos de gênero e apaixonados pela ciência.

Proclamou-se a Republica em 15 de novembro de 1889: mulheres não podiam votar

A luta  pelo Sufrágio Feminino no Brasil ganhou destaque no momento da proclamação da Republica ( 15/11/1889) . Jornalistas, intelectuais tinham a esperança que as mulheres iriam finalmente poder votar, o que era condenável pela Constituição Imperial de 1824.. Uma delas , a jornalista Josefina Alvares de Almeida (1851 -1905) , proprietária do  jornal ”…

Veja mais

Algoritmos reforçam discriminação

Tecnologias baseadas em big data estão reforçando estereótipos de gênero, de classe e de raça. Um estudo da Universidade da Virgínia, nos Estados Unidos, analisou dados de dois bancos de imagens e concluiu que os algoritmos muitas vezes agravam a discriminação por causa de vieses implícitos nos dados.
https://brasil.elpais.com/brasil/2017/09/19/ciencia/1505818015_847097.html?%3Fid_externo_rsoc=FB_BR_CM&fbclid=IwAR26s3A7Li6KBRno4jZOyC-ZPmjWOk-ErX1L6qY5GY7R2kOeCpRnJqzeoI8

História e Memória: revendo as teorias e (re) reconstruindo subjetividades e identidades na contemporaneidade

  Neste segundo semestre de 2019, a Profa. Dra. Lídia M. V. Possas ministrou a disciplina “História e Memória: revendo as teorias e (re) reconstruindo subjetividades e identidades na contemporaneidade” no programa de pós-graduação em Ciências Sociais da Unesp/Marília. Compartilhamos aqui o programa e a síntese dos assuntos abordados.   Sintese do Curso 2 semestre…

Veja mais