Vivemos  o processo da substituição de mão de obra  menos qualificada por maquinas, computadores e  robôs dotados de “competência para desenvolver tarefas cognitivas simplificadas” e de tomar algumas decisões.  No final do seculo XIX vivemos  um processo semelhante diante da  invenção das maquinas e o aparecimento de fábricas que resultou na Revolução Industrial obrigando a busca de alternativas  de produção, de mão de obra  para enfrentar a ampliação dos mercados.

Hoje, nos encontramos diante de um paradoxo, segundo o economista Paulo Feldmann, professor de Economia e Administração/USP , autor de uma publicação intitulada Robô. Ruim, com ele , pior sem ele( 1988) :  ” empregos  em diversos setores em um processo que afeta todas as classes, ” e acrescento que inclui as condições de  gênero, de raça e geração….

A Era dos robôs está chegando e como fica o emprego formal?

https://www1.folha.uol.com.br/ilustrissima/2018/07/era-dos-robos-esta-chegando-e-vai-eliminar-milhoes-de-empregos.shtm